O mito dos relacionamentos abertos | VIP 69

O mito dos relacionamentos abertos

Para milhares de casais ao redor do mundo, incluir uma terceira pessoa na relação é considerado um ato horrível de pura traição e falta companheirismo, já para outra pequena parcela, incluir uma outra pessoa é aceitável, se combinado antes pelo casal e não seria considerado traição. Sim, estou falando de relacionamentos abertos, você sabe como eles funcionam? Ou, como que é o dia a dia desses casais? Se você sempre quis saber sobre esse assunto, tenho certeza que vai amar esse texto, afinal, vai ser nele que todas as dúvidas irão ser sanadas.

Como ter um relacionamento aberto

A primeira coisa que você precisa fazer para conseguir ter um bom relacionamento aberto, é abrir mão de todo o seu ciúme, e saber separar seus sentimentos dos seus desejos sexuais.

Para exercer esse tipo de relacionamento que pode ser um sonho para uns, tudo deve ser resolvido a base do diálogo, converse com o seu parceiro ou parceira e estabeleça algumas regras básicas, como por exemplo, com quem você podem se relacionar, ou até mesmo, se um vai contar para outro. Já vi até casais que são bissexuais, que a única regra do relacionamento aberto deles é que se um terceiro quiser ficar com uma das partes da relação, deverá ficar com as duas, ou nada feito.

Não existe uma regra específica, você quem precisa decidir o que você deseja aceitar e o que você não deseja, além do mais, a traição será medida se alguém quebrar uma das regras. Sim, a traição existe até em relacionamentos abertos.

Como separar tensão sexual de sentimentos afetivos

Todos estamos sujeitos a ter um sentimento afetivo por qualquer pessoa, sem poder controlar isso com perfeição, ou desligar tais sentimentos. Quando você decide se relacionar com pessoas fora da relação, precisa estar ciente e deixar o seu parceiro ou parceira ciente, de que o apego emocional é com eles, e esse o motivo de vocês estarem se relacionando. Um bom exemplo disso, foi um casal que conheci, em que eram muito insatisfeitos sexualmente um com o outro, porém, ainda se amavam independente do sexo, motivo esse que os levou a abrir o seu relacionamento com outras pessoas, onde eles podem aliviar o seu tesão e continuar com os sentimentos afetivos um com o outro, provavelmente muitos assim como eu, vão considerar esse um casal do futuro, que se dão bem sem dever satisfação para ninguém

Relacionamento aberto nem sempre é favorável

Saiba sentir o deixa o seu parceiro mais feliz! Quando você entra em qualquer relação que seja, você não está vivendo mais pela singularidade e passa a viver no plural. Se você quiser muito um relacionamento aberto, converse, talvez o seu parceiro possa querer também, mas se ele for igual a parte da população que vê esse tipo de relação como um tabu, aconselho a deixar a história de lado, caso você goste muito da pessoa, se você não gostar, simplesmente ache alguém que aceite esse estilo de vida que você quer seguir. Isso serve também, para você que é ciumento e não quer ver outros homens beijando a sua mulher, ou outras mulheres beijando o seu homem. Se só de pensar isso você já perde as estribeiras e começa a ficar enciumado, tenho uma péssima notícia. Você nasceu para a monogamia.

Ache pontos em comum com o seu parceiro e veja se ele não está aberto a experimentar outro tipo de relação, afinal, quando o assunto é satisfazer os dois, vale tudo. Tenho certeza que nenhum dos dois vão se arrepender de experimentar coisas novas, então, mãos a obra.